SP começa aplicação da segunda dose da vacina contra o HPV

O estado de São Paulo iniciou a campanha para a segunda dose da vacinação contra o papilomavírus humano (HPV). As doses já começaram a serem distribuídas na última quarta-feira (9). O vírus é um dos causadores de câncer de colo do útero. Estima-se que 558 mil meninas, com idades entre 9 e 11 anos, que fizeram a vacinação na primeira dose da vacina sejam imunizadas.

Na primeira fase, a vacinação alcançou 58% do público-alvo. Sendo que, quem não recebeu a primeira dose, pode procurar os postos de saúde, pois o medicamento ainda encontra-se disponível. Para atingir a meta é necessário imunizar 80% do público nessa faixa etária, que corresponde a mais de 720 mil meninas.

A imunização também está sendo realizada nos Serviços de Atenção Especializada em HIV/Aids e nos Centros de Referência para Imunobiológicos especiais. Para receber a dose, basta que a criança esteja portando documento de identificação.

Vale lembrar também que portadoras do vírus HIV, com idades entre 9 e 26 anos, podem tomar duas doses, devendo aguardar seis meses em relação à primeira aplicação.

O Vírus

O papilomavírus humano é um vírus contagioso, transmitido por meio de uma única exposição, seja por contato direito ou mucosa infectada. A principal via de transmissão é a relação sexual, e pode ocorrer durante o parto ou gravidez.

A princípio a doença é assintomática, mas pode evoluir para lesões de pele e mucosas. Em alguns casos, também ocasiona o surgimento de verrugas genitais. Se não tratada, as lesões podem seguir para um quadro de câncer genital, como o câncer de colo de útero.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *