Brasil tem 57 milhões de inadimplentes

O número de consumidores brasileiros inadimplentes aumentou 5,45% no mês de setembro. A comparação foi feita com relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Indicador de Inadimplência apurado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

O SPC Brasil e a CNDL apontam que até o encerramento do mês de setembro, pelo menos 57 milhões de consumidores estavam com o nome registrado em cadastro de devedores. O número equivale a 38,9% da população adulta do país, de 18 a 94 anos.

Entre janeiro de 2015 e setembro do mesmo ano, em todo o território nacional foram contabilizados 2,4 milhões de CPFs negativados.

Dívidas

O movimento de alta acontece com dívidas não pagas. Em setembro, houve elevação de 6,63%, percentual acima dos 4,31% registrados no mesmo mês de 2014.

Na avaliação de especialistas do SPC a inadimplência está diretamente ligada à crise economia brasileira e a deterioração das condições do mercado de trabalho.

“Fatores econômicos como a inflação elevada, o alto custo das taxas de juros e o aumento do desemprego têm afetado a capacidade de pagamento dos consumidores”, destaca o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Água e Luz

As contas de água e luz são as que os consumidores atrasam mais.
Levando em consideração os setores em que os inadimplentes mais As duas apresentam as altas mais expressivas (12,55%) na comparação entre setembro deste ano e do ano passado. Em segundo lugar, ficam as dívidas bancárias, que agrupam pendências no cartão de crédito, empréstimos, financiamentos e seguros, com variação positiva de 10,32%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.