Deputado é agredido em frente ao Congresso

O deputado Takayama (PSC-PR), de 67 anos, foi agredido na entrada do Congresso na noite desta terça-feira (6). Segundo testemunhas, houve um desentendimento entre o parlamentar e o motorista do senador Delcídio Amaral (PT-MS). No meio da briga, o homem, com nome e idade não revelados, teria dado um soco no deputado.

O desentendimento teria começado do lado de fora da Câmara, por conta de uma briga no trânsito. Uma poça de sangue marcou a calçada da Câmara. A briga aconteceu na entrada principal do Congresso.

Motorista detido

De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara, o motorista que agrediu o parlamentar foi detido pela Polícia do Senado e prestou depoimento. O deputado, que é cardiopata, foi levado para o Departamento Médico da Casa, que diagnosticou “feridas superficiais no nariz e na cabeça”.

Tapa na cara

Segundo a assessoria de Delcídio Amaral, tudo teria começado quando o motorista aguardava o senador. Takayama e o homem se desentenderam após colidirem os carros. De acordo com os assessores de Delcídio, o parlamentar teria insultado e dado um tapa no motorista, que reagiu com “safanão”.

A assessoria de Takayama nega que o parlamentar tenha agredido o motorista. De acordo com os assessores do deputado, Takayama estava saindo do carro e quase foi atropelado pelo carro do senador.

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.