FMI aposta em cenário negativa para este ano e 2016

As perspectivas do Fundo Monetário Internacional (FMI) pioraram ainda mais este ano. De acordo com técnicos, haverá uma retração de 3%, o dobro da estimativa anterior. A perda prevista é até mais intensa que a dos economistas do mercado financeiro brasileiro, que acreditam em um recuo de 2,85%.

Projeção para 2015

Para 2016, as perspectivas também são abaixo do esperado. No último relatório, o Fundo Monetário dizia que o Brasil cresceria 0,7%. Porém, no levantamento atualizado, a previsão é de queda de 1,7%, maior do que a esperada pelos economistas brasileiros, que preveem uma baixa de 1%.

Histórico

Essa não é a primeira vez que o fundo diminui as expectativas para o Brasil. No relatório de abril, a expectativa era de queda de 1% do PIB brasileiro em 2015 e de alta de 1%, em 2016.

“No Brasil, a confiança dos empresários e dos consumidores continua a recuar, em grande parte por causa da deterioração das condições políticas, e os investimentos estão caindo rapidamente. A necessidade de “apertar” as políticas macroeconômicas também está colocando para baixo a demanda doméstica”, afirmou em nota o FMI, salientando que a crise no Brasil foi mais profunda do que o esperado.

O FMI acredita ainda que a inflação no Brasil chegue a 8,9%, “acima do teto de tolerância do Banco Central, de 6,5%”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.