Relator do TCU recomenda rejeição das contas do governo

O ministro Augusto Nardes indicou aos outros oito ministros do Tribunal de Contas da União que rejeitem as contas de 2014 do governo Dilma Rousseff. O julgamento do processo está marcado para a próxima quarta-feira (7).

O relator a atenção para as pedaladas fiscais, em parecer enviado nesta sexta-feira (2): o atraso no repasse do dinheiro da União para os bancos públicos que faziam o pagamento de benefícios, como o Bolsa Família. Segundo o ministro do TCU, o governo omitiu um rombo de R$ 40 bilhões ao longo de dois anos.

Por outro lado…

O advogado geral da União, Luís Inácio Adams, criticou a divulgação prévia do voto do ministro do TCU. Para ele, a manifestação deveria ocorrer apenas nos autos do processo e no plenário.

Em resposta a questão das pedaladas, o governo publicou decreto que impede a União de ficar devendo por mais de cinco dias para os bancos públicos que pagam benefícios sociais. Se isso acontecer, a União será comunicada pelo banco e vai ter até dois dias para pagar. Antes, não existia uma medida de tempo para a dívida ser quitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.