TSE decide seguir com investigação de campanha de Dilma Rousseff

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu dar continuidade a mais uma ação contra a campanha da presidente Dilma Rousseff em 2014. A decisão foi anunciada na noite desta terça-feira (6). A ação é movida pelo PSDB.

Cinco dos sete ministros do TSE votaram pela continuidade do processo – a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) 761.

Os ministros julgaram, inclusive, um recurso da legenda contra a decisão da ministra relatora do caso, Maria Thereza de Assis Moura, que em fevereiro quis arquivar a ação alegando falta de provas.

Gilmar Mendes abriu divergência e optou pela continuidade do processo. Diante disso, outros três ministros o acompanharam: João Otávio de Noronha, Henrique Neves e Luiz Fux.

Para os ministros, o avanço da Operação Lava Jato trouxe outras evidências contra a campanha da presidente.

Restavam apenas as manifestações de Luciana Lóssio e Dias Toffoli, o atual presidente do TSE. No entanto, por fim, ela votou pelo arquivamento da ação e ele, pela continuidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.