Andrade Gutierrez fecha acordo de delação e confessa suborno na Copa

A construtora Andrade Gutierrez fechou acordo de delação com a Procuradora-Geral da União (PGU) e os procuradores que atuam no QG da Operação Lava Jato no Paraná.

A empreiteira teria confessado ter pago propina em obras de estádios usados na Copa do Mundo de 2014. Na lista, estão o Maracanã, o Mané Garrincha, o Beira-Rio e a Arena Amazônia.

Além disso, a construtora Andrade Gutierrez (segunda maior construtora do país) se comprometeu em pagar multa de R$ 1 bilhão por causa de outras acusações, como a formação de cartel na Petrobras e pagamento de subornos para conseguir a concessão de obras públicas.

Três executivos da empresa mineira – dentre eles seu presidente, Otávio Azevedo – estão presos em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.