Pai tatua aparelho auditivo na cabeça para apoiar filha deficiente auditiva

O neozelandês Alistair Campbell decidiu mostrar na pele o apoio incondicional à filha. Ele tatuou um aparelho auditivo igual ao da menina, de seis anos, e do mesmo lado da cabeça que a garotinha o usa.

A pequena Charlotte – assim como sua mãe e irmão – é deficiente auditiva. Mesmo com familiaridade sobre o assunto, quando a criança de seis anos precisou fazer um novo implante coclear, também conhecido como ouvido biônico, se sentiu um pouco insegura.

Percebendo a angústia da criança, Campbell decidiu fazer a tatuagem para que ela se sentisse melhor. Segundo o site “NZ Herald”, a garota Charlotte era surda até receber seu primeiro implante, no ouvido esquerdo, quando tinha 4 anos. Mais recentemente, ela recebeu o segundo implante, no ouvido direito. Segundo a publicação, ao ver a tatuagem Charlotte riu, tocou a cabeça do pai e disse que tinha achado “legal”.

O implante coclear é um aparelho capaz de substituir o ouvido de pessoas com surdez total ou quase total.

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.