Na Alemanha, José Eduardo Cardozo chama prisão de Lula de “situação arbitrária”

À TVT, rede de televisão digital, o advogado e ex-ministro da Justiça do Brasil, José Eduardo Cardozo, falou sobre sua ida a Alemanha para participar de um debate, promovido pela Fundação Friedrich Ebert, sobre o atual cenário político no Brasil. Em Berlim, ele avaliou que o atual governo brasileiro “tem claras orientações na perspectiva de negar direitos aos seres humanos, aos brasileiros”. 

Sobre a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva, que ocorreu em abril do ano passado, José Eduardo Cardozo avaliou como “uma situação arbitrária” que, para o advogado, deve ser revista pelo Judiciário brasileiro. 

José Eduardo Cardozo comentou ainda que “há, na Europa, muita curiosidade sobre a situação do Brasil, desde o impeachment até a eleição de Jair Bolsonaro”.

Por isso, ponderou, é preciso participar de debates sobre a democracia e “apresentar nossas ideias e nossas reflexões a partir do que acontece no Brasil”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.