Brasil é o último país em ranking que avalia retorno social de impostos

Pelo quinto ano seguido, o Brasil foi o pior entre 30 países com as maiores cargas tributárias do mundo. Os dados são do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). O índice de retorno em investimentos para a sociedade brasileira é pior que o da Argentina, da Grécia e do Uruguai, por exemplo. Austrália, Coreia do Sul e Estados Unidos lideram esse ranking.

Mesmo com carga de impostos com o mesmo nível do Brasil, países como a Islândia e a Alemanha têm situação bem mais confortável.  Isso porque, segundo o presidente do Conselho Superior do IBPT, Gilberto Luiz do Amaral, “cobra-se muito da população e dá-se pouco em retorno de serviços públicos”.

“Saúde pública cada vez pior, educação, segurança pública, ou seja, o índice de criminalidade aumentando. Uma infraestrutura cada vez mais deficiente, inclusive essa infraestrutura deficiente impede que o país cresça e também aquela sensação de que o poder público ludibria, engana diariamente cada contribuinte, cada cidadão”, apontou ainda o especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.