Governo Federal cria programa de ética para crianças

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União – CGU, em conjunto com o Instituto Maurício de Sousa, lançou o programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela Ética e Cidadania” para disseminar, entre as crianças e jovens, valores relacionados à participação social, à democracia, ao respeito à diversidade e à responsabilidade pelo bem-estar coletivo.

A partir do universo lúdico das personagens da Turma da Mônica, o programa busca desenvolver a democracia e a convivência social nas instituições de ensino e na comunidade. Outro objetivo é promover autoestima dos pequenos, condição essencial para ser um cidadão pleno, e promover a valorização das diferenças e a igualdade de oportunidades para todas as pessoas. Além disso, o programa tem como meta construir valores sociais permanentes, laços comunitários e responsabilidades sociais.

A participação no programa se inicia a partir de interesse voluntário e é realizada mediante a assinatura de Termo de Adesão de Órgãos ou Entidades Governamentais, Entidades Privadas, Instituições Educacionais e Instituições sem fins lucrativos. A execução das atividades, no entanto, deve ser arcada pelos interessados, não implicando no desembolso de recursos por parte da CGU. Todas despesas necessárias, tais como impressão e distribuição do material didático, serviços de terceiros, deslocamentos, serviços de comunicação e outras, correrão por conta dos Entes Parceiros.

O Ministério da Transparência disponibiliza o conteúdo do material didático para aplicação do programa pelos entes parceiros e orienta sobre os requisitos e metodologias necessárias para o desenvolvimento do Programa, além de atuar na formação dos professores.

Valores fundamentais para uma sociedade melhor

Desse modo, segundo o professor e advogado Jorge Ulisses Jacoby Fernandes, a ética, a honestidade e a probidade são valores que pressupõem um processo educacional e cultural efetivo, construído no seio familiar e no seio escolar, com vistas a construir cidadãos melhores para a sociedade.

“Esses valores são, inclusive, base para os modelos ideais de Estado e precisam ser cada vez mais reconhecidos e desenvolvidos na Administração Pública, a fim de se entregar melhores serviços públicos para a comunidade”, destaca.

Assim, de acordo com o professor, deve-se valorizar iniciativas como esta do Ministério e incentivar a participação de diversos entes. Isso porque, segundo Jacoby, o Governo, além de criar órgãos de controle cada vez mais atuantes e instrumentalizados para garantir a lisura no trato com os recursos públicos, precisa desenvolver uma cultura ética e cidadã na sociedade.

“A principal forma de se conseguir este objetivo é por meio das estratégias educacionais. A escola precisa ser a base de toda a nossa sociedade”, conclui Jacoby

O programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela Ética e Cidadania”

O curso “Um por Todos e Todos por Um! Pela Ética e Cidadania” destina-se, preferencialmente, a professores de escolas públicas ou particulares que tenham interesse em disseminar valores relacionados à participação social, à ética e à cidadania em sala de aula.

Os objetivos de aprendizagem são: formar alunos para serem cidadãos conscientes, conhecedores de seus deveres e capazes de brigar por seus direitos; exercer a democracia e a convivência social nas escolas e nas comunidades; promover a autoestima; promover a valorização das diferenças e a igualdade de oportunidades para todas as pessoas; construir valores sociais permanentes, laços comunitários e responsabilidades sociais. Ainda, o programa visa desenvolver a consciência da própria condição humana, da cidadania universal voltada para a preservação do planeta, da paz e da harmonia entre os povos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.