Principais noticias dos jornais nacionais de Sabado 22 de Abril de 2017

Manchete do jornal O Globo: Pinheiro apresenta documentação para reforçar acusações a Lula

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Odebrecht mostra pagamento ligado a reunião com Temer

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Saques e protestos deixam 12 mortos na Venezuela

 

Maia adia votação por problemas na base aliada é chamada na capa do Globo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, admite que o projeto da reforma pode ser votado somente em 15 de maio. O objetivo é aparar arestas com a base, a fim de garantir o placar para aprovar o texto. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, minimizou o atraso e negou que possa haver novas concessões. Depois de tomar um susto na tramitação de temas importantes para a área econômica na semana passada, o governo adotou uma postura cautelosa e decidiu aparar arestas com a base antes de colocar a proposta de reforma da Previdência em votação.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/22/maia-adia-votacao-por-problemas-na-base-aliada-e-chamada-na-capa-do-globo

 

Presidente da Câmara admite adiar votação da reforma da Previdência é a manchete do caderno de Estadão

Não é adiamento, mas articulação, diz Rodrigo Maia

Em função da forte resistência no Congresso ao texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já admite adiar a votação inicialmente prevista para 8 de maio.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/22/presidente-da-camara-admite-adiar-votacao-da-reforma-da-previdencia-e-a-manchete-do-caderno-de-estadao

 

Para vencer resistência, governo admite adiar votação da Previdência é o título de matéria na Folha

Diante da resistência de parlamentares aliados, o governo passou a admitir que pode adiar a votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara, inicialmente prevista para a segunda semana de maio.

Líderes e articuladores da base de Michel Temer no Congresso reconhecem que precisarão de mais tempo para convencer a população e os deputados a apoiar o novo texto do projeto, apresentado na última quarta-feira (19) na comissão especial da reforma.

Segundo os aliados de Temer, as mudanças na proposta atenderam à maioria dos pedidos de flexibilização feitos pela base aliada, mas a discussão sobre o tema foi “contaminada” pelo projeto original, elaborado pelo Palácio do Planalto, que continha regras mais duras que o texto atual.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/22/para-vencer-resistencia-governo-admite-adiar-votacao-da-previdencia-e-o-titulo-de-materia-na-folha

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.