Justiça suíça abre processo penal contra Joseph Blatter

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, é acusado de má gestão e apropriação indébita pelo procurador-geral da Suíça. O chefe da entidade que rege o futebol mundial está sob investigação, com acusações do FBI desde no início deste ano, além de uma dúzia de atuais e ex-membros da organização.

Nesta sexta-feira (25), o governo suíço anunciou a sua intenção de julgá-lo sobre suas relações com a União Caribenha de Futebol (CFU) e com o presidente da Uefa, Michel Platini.

“O processo-crime contra o presidente da FIFA, Sr. Joseph Blatter, foi aberto em 24 de setembro de 2015 por suspeita de má gestão criminosa e suposta apropriação indébita”, afirmou o Gabinete do Procurador-Geral da Suíça (OAG) em nota à imprensa.

“Por um lado, a OAG suspeita que em 12 de setembro de 2005, o Senhor Joseph Blatter, assinou um contrato com a União de Futebol do Caribe, contrato que foi desfavorável para a Fifa. Por outro lado, existe a suspeita de que, na execução do presente acordo, Joseph Blatter também tenha violado seus deveres e agiu contra o interesse da Fifa”, completou o órgão.

Fifa se manifesta

Mais tarde, a Fifa divulgou um comunicado ressaltando que tem cooperado nas consultas jurídicas de aplicação da lei suíça sobre a sua investigação, sobre Blatter e sobre outros membros da organização.

“Desde 27 maio de 2015, a Fifa vem ajudando com a OAG e cumpriu todos os pedidos de documentos, dados e outras informações. Vamos continuar este nível de cooperação ao longo da investigação”, disse a Fifa.

“Hoje, na sede da FIFA, representantes da OAG realizaram entrevistas e documentos foram recolhidos em conformidade com a sua investigação. A Fifa facilitou estas entrevistas como parte da nossa cooperação em curso. Não faremos mais nenhum comentário sobre o assunto”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.