Anatel afirma que licitação para tecnologia móvel 5G deverá ocorrer ano que vem

A Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel anunciou que deverá realizar no primeiro trimestre do ano de 2020 a licitação de implementação da quinta geração de telefonia móvel – 5G. Em audiência na Câmara dos Deputados, o superintendente substituto de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Felipe Roberto de Lima, explicou que a área técnica da Agência já fez a proposição do leilão que deve ir à consulta pública em breve.

A utilização da tecnologia 5G permitirá utilizações de carros autônomos, cirurgias remotas, agricultura de precisão e cidades inteligentes. Durante a audiência na Câmara, o secretário de Telecomunicações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Vitor Menezes, explicou que o 5G não é evolução do 4G. “É uma tecnologia nova e disruptiva, que promete alterar a forma como vivemos”, disse.

As empresas atuantes no setor afirmam que já estão cumprindo as normas técnicas necessárias para a implementação do 5G no Brasil, restando apenas os trâmites políticos para começarem as devidas instalações.

Conforme o advogado e professor de Direito Jorge Ulisses Jacoby Fernandes, a implantação da nova tecnologia, além de representar avanços no sistema de comunicação, pode ser utilizada para o desenvolvimento da Gestão Pública. “Abre espaço, por exemplo, para o uso de tecnologia de reconhecimento facial, que poderá ser utilizada complementarmente em diversas ações públicas, como atestar a presença de alunos nas salas de aula, integrar ações de segurança ou facilitar o acesso aos serviços públicos pela autenticação de informações”, ressalta.

No mesmo sentido, a gestão de informações sobre a população, mobilidade e espaços urbanos pode permitir um melhor aproveitamento dos recursos nas grandes cidades, com vistas a promover ações de sustentabilidade nestes municípios. Segundo o professor, os ganhos para a Administração são imensos. “É importante, porém, que o Poder Público esteja apto para absorver estes ganhos e isto depende do desenvolvimento e capacitação dos agentes públicos para operacionalizar estas ferramentas”, alerta Jacoby Fernandes.

O que é 5G?

O 5G promete conectar tudo, em qualquer lugar e o tempo todo. O grupo francês Orange, por exemplo, estima que o 5G oferecerá uma velocidade até 10 vezes maior que o 4G. Os usuários terão acesso mais rápido a conteúdos. Mas, mais do que velocidade, o que o diferencia das redes móveis anteriores é a possibilidade de fazer circular bilhões de dados, sem congestionamento.

Na Ásia, a Coreia do Sul é o país mais avançado, depois de ter implementado o 5G em seu território em tempo recorde. O Japão e a China esperam fazer isso em 2020. Nos Estados Unidos, o primeiro serviço móvel 5G chegou no final de 2018, em algumas cidades. Na Espanha, o lançamento será ainda neste ano.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *