Principais noticias dos jornais nacionais de Domingo 21 de Maio de 2017

Manchete do jornal O Globo: Temer muda estratégia, ataca dono da JBS e tenta parar inquérito

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Acuado, Temer ataca Joesley e pede fim de inquérito no STF

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: ‘Fui vítima de bandidos que saquearam o País’, diz Temer

 

Áudio, benefício e vazamento deixam PGR sob pressão, diz o Estadão

As críticas e as possíveis inconsistências no processo de delação premiada da JBS deixaram a Procuradoria-Geral da República (PGR) em sua posição mais vulnerável desde o início da Operação Lava Jato, há três anos, numa disputa pública e de bastidores com o Executivo.

Os procuradores da Operação Lava Jato, em Brasília, enfrentam ataques públicos da coalização liderada pelo presidente Michel Temer (PMDB). Nos bastidores, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e advogados também criticam procedimentos.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/crise/2017/05/21/audio-beneficio-e-vazamento-deixam-pgr-sob-pressao-diz-o-estadao

 

Temer coloca reformas de lado e se dedica a ‘sobreviver’ no Congresso é o título de matéria na Folha

Quando decidiu enfrentar a crise e não renunciar à Presidência da República, Michel Temer deixou em segundo plano um pretenso legado reformista e reduziu seu governo a uma estratégia básica de sobrevivência no cargo.

No fim da tarde de quinta-feira (18), ao dizer que não deixaria o gabinete presidencial, Temer deu a senha de que confrontaria o processo, apesar dos custos políticos que isso traria à sua imagem e à de seu governo.

Com o Planalto ancorado no apoio do Congresso, o presidente percebeu que as acusações reveladas na delação da JBS devem corroer sua ampla maioria legislativa. Os 308 votos necessários na Câmara para aprovar a reforma da Previdência passaram a ser um objetivo distante.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/crise/2017/05/21/temer-coloca-reformas-de-lado-e-se-dedica-a-sobreviver-no-congresso-e-o-titulo-de-materia-na-folha

 

Sarney Filho diz ao PV que permanece no ministério é o título de matéria no Globo

Em carta ao PV, partido ao qual é filiado, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, comunicou ontem que permanecerá no governo apesar do “contexto político conturbado”. Ele mencionou riscos de retrocesso ambiental para continuar à frente da pasta, num momento em que o presidente Michel Temer enfrenta acusações de corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa. Temer já sofreu uma baixa no governo, com a saída de Roberto Freire, do PPS, do Ministério da Cultura.

Na carta, Sarney Filho citou algumas medidas adotadas em pouco mais de um ano à frente do ministério e ações de gestão na pasta. Disse que o ministério está prestes a iniciar um grande programa de recuperação de nascentes e revitalização dos rios. Afirmou ainda que há uma perspectiva de criação e ampliação de unidades de conservação. Lembrou que a Lei Geral de Licenciamento Ambiental está para ser votada no Congresso. Destacou que preparou um plano de concessões de parques nacionais para desenvolvimento do turismo em parceria com a iniciativa privada, com abertura de editais em 2017. A previsão é que haja seis concessões ainda este ano. Ressaltou também que um decreto de 2008 que trata de multas por crimes ambientais está sendo revisado.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/crise/2017/05/21/sarney-filho-diz-ao-pv-que-permanece-no-ministerio-e-o-titulo-de-materia-no-globo

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *