Irlandesa agredida vira símbolo contra violência doméstica

Depois de ter sido agredida pelo marido, Emma Murphy, de 26 anos, publicou um vídeo emocionado em seu Facebook para “para inspirar outras mulheres no mundo”. A gravação já foi assistida nove milhões de vezes.

Mãe de dois filhos, ela disse ter “pensado longa e duramente” antes de compartilhar o vídeo. “Este é um momento difícil para mim, mas tenho que fazer o que é CERTO”.

No vídeo, Emma, que é de Dublin, aparece com um olho roxo e emocionada. Ela detalha o relacionamento que tem com seu parceiro, que descreve como “o amor de sua vida” e pai de seus filhos. Ela diz ter sido agredida após ter acusado seu parceiro de traição.

Segundo a imprensa, o parceiro de Emma admitiu ter sido infiel e tê-la empurrado durante uma discussão. Mas nega tê-la agredido.”Eu a empurrei, não bati nela”, disse ela ao jornal Irish Sun. “Foi apenas a força. Sei que ninguém vai acreditar em mim, mas não sou uma pessoa violenta. Eu nunca quis machucar ninguém”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.