Se EUA não deixar o Mar da China Meridional, país pode declarar guerra, avisa comandante chinês

O comandante da Marinha militar chinesa, Wu Shengli, afirmou que, caso os Estados Unidos não deem fim às suas “ações provocativas” no Mar da China Meridional, o país pode declarar guerra na região. De acordo com o chinês, qualquer pequeno incidente registrado na área pode culminar em um confronto bélico.

“Espero que Washington aprecie a boa situação entre as marinhas, que não foi conquistada de forma fácil, e evite que este tipo de incidente aconteça novamente”, salientou.

As afirmações foram feitas em uma reunião com seu homólogo norte-americano John Richardson. O clima tenso entre os dois países aumentou recentemente, após um navio da Marinha norte-americana ultrapassar umas das fronteiras impostas pelo governo chinês no Mar da China Meridional.

Histórico

Desde 2013, forças militares chinesas estão aumentando sua atuação na região. Recentemente, a China instalou bases militares na ilha: uma ação que os Estados Unidos consideram ameaçadora para os países vizinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.