Coreia do Norte diz ter testado bomba de hidrogênio

A Coreia do Norte anunciou, nesta quarta-feira (6), que fez o primeiro teste com uma bomba de hidrogênio, muito mais potente que a atômica. Essa seria mais uma demonstração de que o regime prossegue com o programa nuclear, apesar da proibição da comunidade internacional. Por isso, a afirmação foi recebida com grande ceticismo por especialistas e por críticas imediatas em todo o planeta.
A Coreia do Sul, por exemplo, condenou “com força” o teste. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, salientou um “grande desafio”. Já o governo dos Estados Unidos prometeu uma resposta apropriada ao que chamou de “provocações” norte-coreanas.
O Conselho de Segurança da ONU, inclusive, se reuniu em uma reunião de emergência após o anúncio.

“O primeiro teste com bomba de hidrogênio da República foi realizado com sucesso às 10H00 (23H30 Brasília) de 6 de janeiro de 2016, como base na determinação estratégica do Partido dos Trabalhadores no poder”, apontou uma TV estatal norte-coreana.

O teste surpresa da bomba H teria sido autorizado pessoalmente pelo ditador norte-coreano, Kim Jong-un, dois dias antes do seu aniversário, disse ainda a TV. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.