Dez jovens, entre 16 e 17 anos, são assassinados por dia no Brasil

Segundo dados do novo Mapa da Violência, cerca de 10,3 jovens entre 16 e 17 anos são assassinados por dia no Brasil. Esta é a maior proporção de mortes por homicídios entre crianças e adolescentes no país.

O estudo, que abrange dados de 2013, foi apresentado em audiência no Senado como forma de tentar conter o avanço nas discussões da maioridade penal. Naquele ano, 3.749 jovens de 16 e 17 anos morreram vítimas de homicídios – causa que já representa 46% das mortes neste grupo, conforme a Folha de S.Paulo antecipou no início de junho.

“Isso mostra que a nossa preocupação não seria ter que botar meninos na cadeia, mas sim como proteger esses adolescentes”, diz o autor do estudo, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso).

A maior taxa de mortes é registrada em Alagoas, com 147 jovens de 16 e 17 anos assassinados a cada 100 mil habitantes, seguido do Espírito Santo e Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.