Para OMS, zika não vai atrapalhar andamento dos Jogos Olímpicos

Na avaliação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o zika vírus não vai atrapalhar a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. A certeza é resultado do fato de que no período das competições, entre 5 a 21 de agosto, será inverno no Hemisfério Sul, quando a proliferação dos insetos é menor, apontou o órgão.

O diretor-executivo de Surtos e Emergências de Saúde da OMS, Bruce Aylward, explicou que as instalações esportivas no Rio de Janeiro estarão concentradas em uma área relativamente confinada, tornando mais fácil para as autoridades controlarem a população do mosquito.

O Brasil terá uma Olimpíada fantástica e de muito sucesso. O mundo todo estará lá. Gostaria muito de estar lá. Mas estarei em outra parte do planeta”, salientou o chefe da equipe responsável por assuntos relacionados ao zika na OMS.

Aylward também falou da possibilidade de que o vírus já tenha passado por uma grande parcela da população do País até lá. Por isso, muitos brasileiros poderão ter desenvolvido imunidade à doença. Como ele, o diretor médico do Comitê Olímpico Internacional (COI), Richard Budgett, disse, na semana passada, que não existe risco de cancelamento dos Jogos Olímpicos por conta da doença.

Na última sexta-feira (19), durante a participação em uma aula para estudantes do Colégio da Polícia Militar Alfredo Vianna, em Juazeiro (BA), como parte da Campanha Zika Zero, a presidente Dilma Rousseff garantiu que o Rio de Janeiro terá atenção especial do governo.

Vamos ter todo o cuidado para que nossos visitantes, principalmente mulheres grávidas, tenham consciência de que é fundamental usar repelente e mangas compridas”, recomendou a presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.