Principais noticias dos jornais nacionais de Segunda-feira 24 de Abril de 2017

Manchete do jornal O Globo: Macron já tem apoio de ex-rivais

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Macron e Le Pen vão ao segundo turno na França

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Centro e extrema direita disputam 2.o turno na França

Manchete do jornal Valor Econômico: Chineses já respondem por 37% das aquisições no país

 

Temer reúne líderes e proíbe novas mudanças na reforma é destaque na capa do Globo

O governo endureceu as negociações com os parlamentares e deu um basta a novas concessões na reforma da Previdência, rejeitando, assim, o lobby pesado de algumas categorias do serviço público, sobretudo aquelas com altos salários, que querem continuar se aposentando mais cedo com integralidade (último salário da carreira) e paridade (reajustes salarias iguais ao do pessoal da ativa). Diante do risco de que a proposta fosse desidratada com o aumento das pressões no Congresso, o presidente Michel Temer convocou os líderes da base aliada e ministros para uma reunião na sua residência, no fim da tarde de ontem — quando o martelo foi batido. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles antecipou o retorno de Washington, onde estava para a reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI), e participou do encontro.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/24/temer-reune-lideres-e-proibe-novas-mudancas-na-reforma-e-destaque-na-capa-do-globo

 

Temer avisa que não cederá mais na Previdência, diz o Estadão

Depois de mais de três horas de reunião convocada de última hora, no Palácio do Jaburu, o presidente Michel Temer avisou a ministros e líderes do governo que não há mais espaço para ceder a pedidos de categorias que insistem em ter seus benefícios mantidos na reforma da Previdência.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/24/temer-avisa-que-nao-cedera-mais-na-previdencia-diz-o-estadao

 

Deputados devedores propõem perdão de débitos em novo Refis, diz a Folha

Parlamentares que devem à União R$ 3 bilhões em tributos inscritos na dívida ativa tentam se beneficiar com o perdão dos débitos em uma negociação para alterar a medida provisória que instituiu o PRT (Programa de Regularização Tributária), uma nova regra de parcelamento com a Receita Federal.

O projeto de conversão da MP em lei deve ser concluído até meados de maio e está sob a relatoria do deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG). O parlamentar acumula débitos de R$ 67,8 milhões em nome de suas empresas.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/congresso/2017/04/24/deputados-devedores-propoem-perdao-de-debitos-em-novo-refis-diz-a-folha


Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.