Principais noticias dos jornais nacionais de Sabado 18 de Março de 2017

Manchete do jornal O Globo: Escândalo da carne deve afetar exportações do país

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Operação da PF prende fiscais e atinge as gigantes da carne

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Frigoríficos pagavam propina para burlar fiscalização, diz PF

 

Capa da revista Veja: Duro de engolir

Capa da revista Época: … E a política nunca mais será a mesma

Capa da revista Istoé: Depois da lista de Janot

 

A LISTA DO JANOT ASSUSTOU é o título de matéria na Época ilustrada com foto de Temer, Eunício e Maia

A foto da página anterior, feita na tarde de quarta-feira, no gabinete do presidente, Michel Temer, no Palácio do Planalto, sugere um encontro calmo, cordial, institucional. Temer está com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, do PMDB, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do DEM, e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. A imagem, entretanto, mascara o clima de urgência, desespero e medo que torna insuportável o ambiente em Brasília. Investigados pela Operação Lava Jato e citados na delação premiada dos 78 executivos da Odebrecht, Eunício e Maia estavam ali para debater com Temer – citado pela Odebrecht, mas não investigado – uma solução para que todos os colegas na mesma situação consigam sobreviver à aproximação da lei de seus calcanhares. O ministro Gilmar, que pode ter de julgar os colegas de reunião, estava ali como uma espécie de consultor do Judiciário a um Legislativo que só pensa em sobreviver.

http://equilibreanalises.com.br/manchete/2017/03/18/a-lista-do-janot-assustou-e-o-titulo-de-materia-na-epoca-ilustrada-com-foto-de-temer-eunicio-e-maia

 

PROPOSTAS INDECENTES é o título de matéria na Veja

ENQUANTO os novos pedidos de abertura de inquérito contra políticos chegavam ao Supremo Tribunal Federal (STF), no fim da tarde de terça-feira o Senado aprovava uma nova rodada do programa de repatriação de recursos no exterior. Foi uma votação simbólica. Diante da ampla maioria favorável à medida, os senadores nem sequer registraram seus votos no painel eletrônico. Foi também uma decisão carregada de simbo-lismo. Ela consolidou o entendimento suprapartidário de que a Casa está preparada para aprovar a anistia ao caixa dois. A alegação dos congressistas é a seguinte: ao permitir que se traga ao Brasil dinheiro mantido ilegalmente no exterior mediante o pagamento de multas e impostos, a repatriação também é uma forma de anistia, só que mais generosa, por envolver quantias capazes de ruborizar até o notório departamento da

propina da Odebrecht. Se ela foi aprovada, sua correspondente na área eleitoral também deve ser. No ano passado, o governo arrecadou cerca de 50 bilhões de reais com a repatriação. A quantia é cinco vezes maior do que a desembolsada pela Odebrecht, entre 2006 e 2014, no Brasil e no exterior, a título de caixa dois e propina.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/18/propostas-indecentes-e-o-titulo-de-materia-na-veja

 

Segundo delegado, propinas abasteciam o PMDB e o PP é o título de matéria no Globo

Valores e nomes de políticos ligados ao esquema não foram revelados
Parte do dinheiro de propinas arrecadado pelo esquema de corrupção envolvendo fiscais e frigoríficos, desvendado pela Operação Carne Fraca, abastecia o PMDB e o PP, disse o delegado federal Maurício Moscardi Grillo durante coletiva de imprensa em Curitiba. Ele não revelou, no entanto, valores ou os nomes dos políticos supostamente beneficiados pelo esquema.

— Dentro da investigação, ficava bem claro que uma parte do dinheiro da propina era revertida para partido político. Caracteristicamente, já foi falado, ao longo da investigação, de dois partidos: o PP e o PMDB

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/18/segundo-delegado-propinas-abasteciam-o-pmdb-e-o-pp-e-o-titulo-de-materia-no-globo

 

Brechas diminuem chances de punir caixa 2 em delações, diz a Folha

Políticos acusados da prática de caixa dois clássico, ou seja, de ocultar da Justiça Eleitoral a real movimentação financeira de suas campanhas, têm se beneficiado de brechas na legislação para escaparem de punição criminal e eleitoral.

Quando não há indício de malversação de dinheiro público, os casos de caixa dois são enquadrados criminalmente em um artigo do Código Eleitoral, o 350, de falsidade ideológica, em que não há jurisprudência pacífica no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para condenação.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/18/brechas-diminuem-chances-de-punir-caixa-2-em-delacoes-diz-a-folha

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

One thought on “Principais noticias dos jornais nacionais de Sabado 18 de Março de 2017

  • 21/03/2017 em 07:59
    Permalink

    É Novamente o PMDB Envolvido em Mais UM Escândalo de CORRUPÇÃO Nojento que afeta a SAÚDE DE TODO o PAIS.
    Ainda achando que o PAIS PERTENCE A ELES e que o POVO NÃO VALE NADA, APENAS UM VOTO

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.